Últimos assuntos
Anuncios

Compartilhe
Ir em baixo
Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/07/2018
Ver perfil do usuário

HABEAS CORPUS 01

em Sex Jul 20, 2018 12:54 pm
HABEAS CORPUS

RELATOR: MIN. Samuel.
PACIENTE: Toush
IMPETRANTE: Toush


Decisão do pedido de Habeas Corpus:

Contradição do paciente/impetrante:
''Eu, assumo que postei o relatório no fórum, no suposto tópico sigiloso''
''Infelizmente o STF caiu na falácia propagada pelos mesmos, afirmando que eu divulguei o documento confidencial''

O impetrante cita o excelentíssimo Ministro :Snake: dizendo que ele é o único que pode divulgar um documento confidencial, mas se esquece que há outras pessoas com administração neste fórum, além de não ter provado o que disse.

É evidente o nível de intimidade do excelentíssimo Ministro MikePompeo com Bauduquinho e ele deveria se declarar suspeito por questões de ética.

Do pedido
a) ''É evidente o nível de intimidade do excelentíssimo Ministro [...]'' Já era notório esse fato, desconsiderando este pedido.
b) Não se pode obrigar um magistrado a se declarar suspeito.
c) Desconsiderado em decorrência do pedido A ter sido negado.
Além de não se haver abuso de autoridade como escrito no pedido.

Concluo indeferindo este pedido de Habeas Corpus.

Considerando que fui sorteado o relator da ação penal que o paciente impetrou avoco os autos para meu gabinete.

Publique-se. Intime-se.
Brasília, 20 de julho de 2018.

Ministro Samuel.
Relator
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum